sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Uma pequena revolta.


Amigos que falam mal de amigos pelas costas. Namoradas que traem namorados, filhos que falam mal de seus pais. Pessoas que se fazem de um jeito e depois se mostram de outro... Pessoas falsas que não entendem o significa de algo verdadeiro. Falsidade, hipocrisia, desamor, injustiça, traição, arrogância. Até quando isso? Pergunto-me hoje, qual o motivo disso? O que essas pessoas ganham com isso? E sabe o que eu descobri? NÃO GANHAM NADA. Apenas desprezo de algumas pessoas. Apenas falta de amor, falta de um ombro amigo que esteja do seu lado. Cadê aquelas pessoas que não tem medo de colocar a boca no trombone? Que não tem medo da verdade? Que não tem medo das outras pessoas? Luto por um mundo onde cara pessoa tem seu eu formado, tem suas opiniões sem precisar de outras. Pessoas que não tem medo de aprender, mas sim, ânsia de conhecer algo novo. Que ajude ela a crescer mentalmente. O mundo já esta farto de crianças, não crianças de idade, mas aquelas crianças que tem mais anos que o tamanho. Que tem mentalidade de criança, que não sabe se portar como um adulto. Ou um adolescente, que seja! Pare com isso, até quando sentira raiva da sua vidinha de merda? De merda não, né... Porque hoje em dias as pessoas julgam ser uma vida de merda... Porque terminou com a namorada que o traia loucamente, algumas que fazem uma tempestade em como d'água, porque quebrou uma unha. Ou porque não vai sobremesa, mas sua mesa do jantar está farta. Isso me cansa, essa hipocrisia idiota, essa falta de conhecimento. Por que não reclama para alguém, daquelas crianças passando fome? Porra mano, abre os olhos. Veja em sua volta, o tanto de injustiça sendo feita. Tenha uma VIDA que pode ser chamada de VIDA, não essa merda que você vive. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário