sábado, 5 de maio de 2012

Um dia.

Eu sinto que já não é mais o mesmo amor de antes. 
É algo mais forte sabe? 
Mais completo. 
Mas definido. 
Algo que se propõe a dizer que é mais que apenas uma mera vontade. 
Algo subliminar... 
E só nessas horas eu consigo dizer tudo o que sinto. 
Pois mesmo que sabendo o que escrevo. 
Não tenho controle suficiente para as minhas palavras. 
Um dia, ainda lhe direi tudo, tudo o que está guardado em mim. 
Um dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário