quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Aqueles momentos...


Sabe aquele momento que você vê a pessoa que você mais ama e a que mais te machuca e você não consegue sequer dizer uma palavra ou algo do tipo? Então...


Sabe aquele momento que tudo roda pela sua cabeça, momentos de lembranças; de dores, sofrimentos, alegrias, carinhos, abraços, beijos, lágrimas...

Sabe aquele momento em que você não se vê longe de uma pessoa, mas também não se vê mais perto dela? 

Aquele momento que longe ela faz falta e perto ela faz mal. 

Aquele momento que você ouve o nome dela e dentro de você, você sente seu coração pulsar mais forte, sua respiração ficar mais forte e sente uma lagrima cair de seus olhos.

Aquele momento que você se depara olhando para sua foto com ela e do nada percebe que está com um sorriso bobo dentre os lábios e seus olhos brilham, já com vontade de chorar.
Sabe aquele momento que você percebe que a falta que ela lhe faz é maior do que qualquer coisa que você pode imaginar? 
Você sente como se faltasse algo, como se fosse uma metade de você.



                                    Essa ferida, meu bem, às vezes não sara nunca. Às vezes sara amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário